Entrevista

RTP1 em 4 de Setembro de 1997

Os Coretos

 

Então, já defendemos que esta arte singular (património universalista, símbolo da liberdade e da fraternidade, em que todos estão em igualdade perante o espectáculo, palco, por excelência, das Bandas e Filarmónicas, pois não há camarotes, etc, apenas uma grande plateia ao ar livre) já existia na Inglaterra antes da Revolução Francesa.

Como as nossas viagens a outros países só têm finalidades culturais, espirituais, temos uma antiga gravura colorida de John Bowles, de 1751, onde surgem os coretos nos famosos jardins de Vauxhall Gardens, em Londres, como prova da tese acima referida.

Entre as imagens dos coretos, fotos de nossa autoria, que foram emitidas, nesse programa, destacamos:

 

Coreto de Évora, Portugal
Coreto de Évora, Portugal


Um dos mais belos exemplares de todo o mundo.

Este coreto consta no livro Os Coretos do Distrito de Leiria. Edição do Inatel, 2006.

Ver item: Livros Editados

 

 

Coreto de Minde, Portugal
Coreto de Minde, Portugal


A sua base está revestida com painéis de azulejos de Roque Gameiro, relacionados com a famosa indústria têxtil desta vila.

 

[ Entrevistas ]