Obras Editadas


Meditações de um Neófito


Meditações de um Neófito


Meditações de um Neófito no site da
Fraternidade Rosacruz, Rio de Janeiro


Contracapa


Com Prefácio em português do Brasil e o restante texto em português de Portugal esta obra expressa a cultura universalista da lusofonia rumo à concretização da utopia do V Império profetizada desde Bandarra, ao Padre António Vieira, a Fernando Pessoa, a Agostinho da Silva.

Estamos perante um trabalho multifacetado, pleno de Amor e de Luz, em que o Autor nos apresenta diversas análises, meditações, sobre temas muito diferentes.

Quantos anos de investigação foram necessários para que esta obra pudesse aparecer, de forma sucinta, mas rica em análises, em mensagens, em profundas meditações sobre assuntos para além do tempo e do espaço que ora nos conduz às profundezas da terra, ora nos eleva acima das nuvens?

E não só!

Levanta questões polémicas, mas positivamente, como os deuses também erram; oferece-nos ainda temas tão actuais desde as grandes mutações, presentes e futuras, até à análise esotérica sobre Jesus, Jesus-Cristo e Cristo.

Aborda ainda assuntos do nosso dia a dia como os marcos do correio, os selos, a sua e nossa história ligada à comunicação entre as pessoas, ou o amor aos animais que nas palavras do Autor também choram.

Em todas a procura da Verdade libertadora, a defesa do farol da Esperança e a Luz da Liberdade.

Enriquecida com fotografias, algumas a cor, onde além do poderoso poder de comunicação que cada uma encerra, irradiam elevados sentimentos estéticos, multiplica a elevação espiritual e o culto do Belo e da Harmonia.

Enfim, uma obra intemporal que, ao colocar 12 pedradas no charco da globalização que nos asfixia, nos liberta rumo à cosmocracia, ao Governo Universal e ao Parlamento Mundial.



Índice


Biobibliografia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .    

Prefácio de Pétalas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Notas Introdutórias . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

PÉTALA I — Jesus, Jesus-Cristo e Cristo . . . . . . . . . . . . .

PÉTALA II — O Tempo e o Relógio. . . . . . . . . . . . . . . . . .

PÉTALA III — Os animais também choram. . . . . . . . . . . . .

PÉTALA IV — Um mar de rosas e de espinhos . . . . . . . . . .

PÉTALA V — Absorto na Natureza. . . . . . . . . . . . . . . . . .

PÉTALA VI — Lágrimas de dor, rosas a florir . . . . . . . . . . .

PÉTALA VII — Os Deuses também erram. . . . . . . . . . . . . .

PÉTALA VIII — Para além das Estrelas, descendo à Terra . .

PÉTALA IX — Poderes dos Auxiliares Invisíveis . . . . . . . . . .

PÉTALA X — As caixas e os marcos do correio, viajando no
Tempo e no Espaço do interior da Terra acima das nuvens . .

PÉTALA XI — A Idade do Aquário. . . . . . . . . . . . . . . . . . .

PÉTALA XII — Cosmocracia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Agradecimentos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Outras obras do autor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

7

13

15

19

41

49

57

63

73

79

91

97


103

117

129

137

139

 

Prefácio de Pétalas


Da Verdade, sua Musa,
Extratos quer revelar,
Labor ele não recusa,
Meu bom amigo Delmar,
Amigo, que em língua lusa,
Rosas vai despetalar.

 

Nesta obra de Delmar Domingos de Carvalho, as pétalas de rosa, ao caírem uma a uma, marcam o tempo de uma viagem pelo Universo de Deus.

O ponto de partida, a primeira pétala, é a sólida base formada pelo Cristianismo, representado em sua essência por Cristo Jesus, de natureza tanto Divina como humana, abarcando assim os extremos.

Com o eixo de tempo marcando essa viagem, as pétalas mostram aspectos desse Universo imenso, desde sua origem até os dias de hoje e projetando além para a Idade de Aquário.

Mostram também o caminho evolutivo sendo traçado, com seus contrastes, seus erros e seus acertos, desde as lágrimas dos que sofrem ao trabalho redentor dos Seres Compassivos que curam e o grande relacionamento entre todos os atores da Natureza, relacionamento esse que culminará, um dia, na Grande Fraternidade Universal.

A última pétala, a décima segunda, descreve a utopia a que queremos chegar, que Delmar chama de Cosmocracia, sustentada pelo Amor e que nos remete de volta à primeira pétala, completando o ciclo e a viagem, mas em um estágio superior da espiral, retornando assim ao Centro do Amor – Cristo Jesus.

Rio de Janeiro, Brasil, 22 de Maio de 2008

Roberto Gomes da Costa


 

Pétala III – Os animais também choram
Quantos de nós temos observado actos de grande amor e carinho, como de sofrimento dos nossos irmãos mais novos, os animais?
Sim, em alguns casos, por vezes, esses momentos são tão grandiosos, exemplares, que acabamos por sentir alguma tristeza em comunhão algo fraterna...

 

Pétala XI – A Idade do Aquário
Muito se tem falado e escrito sobre Aquário, como acerca da sua Idade.
Seja no domínio da astronomia, como das correntes espiritualistas e em outros campos, há alguma confusão, tanto na entrada como sobre a sua essência, as transformações, a nova era.

 

Algumas opiniões sobre este livro:

 

De S. Paulo, Brasil

“A Capa me comoveu. Muito sugestiva! Juntamente com o título faz-nos refletir! Ao desfolhar o exemplar ficou justificado o primeiro sentimento, beleza, devoção e conhecimento emanam da obra.”

Maria Lazara Franzini
Professora de Piano
S. Paulo, 4 de Agosto de 2008

 

De Córdova, Argentina

“...Dios lo bendiga por vuestro esfuerzo en diseminar conocimientos que elevan espiritualmente a los seres que reciben tan importante material.”

Juan Roger
3 de Agosto de 2008

 

Do Bombarral, Portugal

“É um livro admirável...Só quem ler esta obra, é que poderá compreender a viagem pelo Universo de Deus.
Uma obra a todos os títulos louvável, um trabalho multifacetado, pleno de Amor e de Luz...
Caro Leitor! Leia a obra e medite...”

José Luciano Basto

Director do Jornal
NOTÍCIAS DO BOMBARRAL

In página 7 do número 498,
de 1 de Agosto de 2008

 

Da Macieira da Lixa, Portugal

“Do que li do seu livro, concluo que a sua visão do mundo e de Deus tem alguns pontos comuns com a fé Jesuânica que me anima...”

Padre Mário de Oliveira
5 de Agosto de 2008

 

De Costa da Caparica, Portugal

“Mais uma obra de grande profundidade, espiritualidade e grande sensibilidade...que revela um vasto trabalho de pesquisa.”

T. G. C. S.
2 de Agosto de 2008

 

De S. Paulo, Brasil

“...“Meditações de um Neófito”, uma excelente obra cuja qualidade literária e gráfica continua primorosa.
...incansável trabalho na divulgação da filosofia rosacruz... levando este conhecimento à compreensão de todos.”

Fraternidade Rosacruz
Sede Central do Brasil

5 de Setembro de 2008

 

De Madrid, Espanha

“...La portada y la presentación general es relajante y inspiradora; los pétalos van desgranando el rosário rosacruz, en diferentes ideas, hechos históricos y propuestas de futuro... Es una beuna labor de difusión de las verdades eternas, con tu estilo personal y dirigido al público de hoy.”

Luís Blanco
Médico
3 de Outubro de 2008

 

Do Bombarral, Portugal.

“... as palavras do Delmar são como o vinho do Porto, à medida que envelhece, o que escreve, vai tendo um paladar mais refinado, isto claro fazendo uma comparação com este produto. Falando mais a sério, o Delmar é um autor que diz o que pensa o que não é fácil encontrar...graças aos seus trabalhos este escritor partilha informação sobre a Escola de Pensamento Rosacruz, tendo contribuído e muito para desmistificar o seu lado mais secreto.”

Ângelo Rodrigues
Professor de Filosofia e de Psicologia
15 de Novembro de 2008

 

Do Bombarral, Portugal.

“...um livro que faz pensar, reflectir e que está muito bem organizado.”

Dr. Miguel Boieiro
Presidente da Sociedade Portuguesa de Naturalogia
15 de Novembro de 2008

 

De Alenquer, Portugal

“...São homens como o Sr. Delmar que observam, pensam, filosofam, estudam, que enriquecem o Universo onde vivemos”

Cristina Estrompa
26 de Novembro de 2008

 

 

[ Obras Editadas ]